| Por Maria Pires

Musée Yves Saint Laurent Marrakech (mYSLm)

Como um tecido

Fotografia

Fotografia

Fotografia

Fotografia

1 de 3

Com projeto do escritório de arquitetura francês KO e cenografia de Cristophe Martin, o novo Musée Yves Saint Laurent Marrakech (mYSLm), com previsão de abertura em 2017, será dedicado, logicamente, à obra do icónico estilista francês e albergará um acervo de cinco mil peças de roupas, 15 mil acessórios de alta-costura e milhares de esboços e objetos, atualmente arquivado em Paris. Para garantir as perfeitas condições de todo o acervo, a Fundação Pierre Bergé - Yves Saint Laurent desenvolveu processos de conservação por mais de uma década e também o museu terá um sistema de controlo de temperatura e humidade.

Repleto de formas cúbicas, o edifício será construído em tijolos de terracota e concreto, para criar um padrão idêntico à textura de um tecido e, simultaneamente, coincidir com a paisagem ocre de Marraquexe. O interior foi idealizado para fazer alusão a uma luxuosa jaqueta de couro, com textura brilhante e aveludada, e terá uma área de cerca de quatro mil m² para exposições permanentes, outra de 150 m² para mostras temporárias, para além de um auditório com 130 lugares, livraria, biblioteca de pesquisa, restaurante e terraço.