Kinoya

Exploração Visual

Fotografia Adrien Williams

Fotografia Adrien Williams

Fotografia Adrien Williams

1 de 3
A equação do Kinoya deriva de emoções intensas, da intimidade, do caos, do confinamento... Um pedaço de Japão em plena cidade canadiana de Montreal, o interior deste renovado bistrô japonês brota da imaginação do designer Jean de Lessard, que se inspirou num izakaya, local que no Japão funciona como espaço de convívio informal onde habitualmente se bebe cerveja e sake ao sabor de alguns petiscos.
Apesar de ter herdado o sistema de iluminação e o mobiliário do seu antecessor, o renovado miolo do Kinoya desafia a uma constante exploração e descoberta visual. Lembra um casulo assimétrico, composto por triângulos de tamanhos diferentes, como se do interior de um origami se tratasse. Um toque de anarquia e rudeza, potenciado por desenhos e graffitis, conferem-lhe uma energia própria… A iluminação suave joga a favor de uma atmosfera acolhedora onde os aromas das iguarias asiáticas se fundem com o cheiro da madeira que reveste o interior deste espaço, cuja identidade oscila entre a simplicidade e o requinte.