| Por Andreia Filipa Ferreira | Fotografia Direitos Reservados

Renault Trezor

Condução autónoma

1 de 3

Colocando em evidência a tentativa de renovar o design da marca, o Renault Trezor é o coupé elétrico de dois lugares que, com as suas linhas simples mas calorosas, surpreende na gama dos veículos desportivos. Com carroçaria em carbono, pintura metalizada e vidros vermelhos, este modelo apresenta uma motorização baseada no motor usado pela equipa da Renault e.dams, bicampeã do mundo de Fórmula E, que lhe garante 260 Kw (350 cv) de potência, 380 Nm de binário e uma capacidade de aceleração dos 0 aos 100 Km/h em apenas quatro segundos. Leve e aerodinâmico, o Trezor dispõe ainda de três modos de condução graças ao sistema MULTI-SENSE: neutro, sport e autónomo. Neste último, a assinatura luminosa exterior altera-se, de modo a ser percetível pelos outros condutores, e o volante prolonga-se em largura para permitir uma visão panorâmica sobre a paisagem, por exemplo.