| Por Estela Ataíde

Mercedes-Benz F015 Luxury in Motion

Rumo à Condução Autónoma

Fotografia Daimler

Fotografia Daimler

Fotografia Daimler

Fotografia Daimler

1 de 3

Prevê-se que, em 2030, o número de mega cidades com mais de dez milhões de habitantes cresça de cerca de 30 para mais de 40, reforçando a ideia de que, no século XXI, os bens de luxo mais importantes são de facto tempo e espaço pessoal. O F015 Luxury in Motion é a resposta da Mercedes-Benz para esta nova realidade, um conceito revolucionário de mobilidade – um automóvel que se desloca com autonomia, oferecendo precisamente esses dois bens preciosos ao seu proprietário.

Um exemplo concreto das ideias desenvolvidas pela marca alemã para a condução autónoma do futuro, o F015 Luxury in Motion anuncia grandes mudanças na forma como acontecem as deslocações, indo muito além da condução automática puramente técnica, progredindo do conceito de automático para autónomo.

A inovação deste conceito começa nas suas extraordinárias proporções – cerca de cinco metros de comprimento por dois de largura e um metro e meio de altura -, continuando para o interior, onde seis ecrãs integrados no painel de instrumentos e nos painéis laterais e traseiros facilitam a troca contínua de informações entre o veículo, os passageiros e o mundo exterior. As novidades continuam com o sistema de assentos variável, composto por quatro bancos rotativos, que permite colocar os passageiros cara a cara. Durante a viagem, estes podem rentabilizar o seu tempo utilizando-o para relaxar, comunicar ou trabalhar. Para facilitar a entrada e saída do F015 Luxury in Motion, assim que as portas se abrem os bancos inclinam-se 30 graus para o exterior.

Projetada para permitir a integração de um sistema híbrido com um alcance total de 1100 km, prevê-se que a proposta pioneira da Mercedes-Benz fizesse o percurso dos 0 aos 100 km/h em 6,7 segundos e tivesse uma velocidade máxima limitada a 200 km/h.