| Por JOÃO AFONSO RIBEIRO

Mini Clubman

Alma mini(mamente) renovada

A nova geração Clubman da Mini mantém a aposta na abertura de bagageira bipartida, que se tornou icónica na versão anterior desta ‘shooting brake’. A fechar 2015, a Mini apresenta um modelo com uma revisão estética conservadora, mantendo os traços distintivos que caracterizam a construtora britânica, nomeadamente as óticas frontais arredondadas. As principais novidades estão nas óticas traseiras, bem como no interior, onde a Mini aposta num maior espaço para passageiros, graças à maior distância entre eixos. O interior foi totalmente redesenhado e traz novidades pensadas para melhorar o ambiente no habitáculo, como mostradores com iluminação LED, um grande ecrã multifunções, travão de mão eletrónico, porta-copos e variadíssimos espaços de arrumação. A marca britânica anunciou que o novo Clubman terá disponíveis três motorizações, todas com a tecnologia TwinPower Turbo: na gasolina, estará disponível um motor 1,5 litros, com 136 cv, bem como uma versão mais ‘apimentada’, um 2,0 litros, com 192 cv; já no diesel estará apenas disponível o 2,0 litros, de 150 cv.

Fotografia por BMW Group

Fotografia por BMW Group

Fotografia por BMW Group

Fotografia por BMW Group