Nami

Formada em Arquitetura e Urbanismo, Nami Wakabayashi Francucci exerceu funções nessa área entre 1991 e 1997, ano em que um curso de joalharia mudou o seu rumo. Fascinada por esta arte recém-descoberta, Nami aposta desde então na nova carreira, deixando-se levar pela criatividade.

Elegendo o anel como a joia que mais a inspira a criar, a designer brasileira gosta particularmente de trabalhar com prata, que combina com materiais como seixos de lavas vulcânicas e quartzo. Procurando desenhar objetos com valor sentimental para os seus clientes, embora desenvolva algumas peças em série, Nami aposta sobretudo em executar joias únicas.